Histórico

A BRK Ambiental foi criada em 2008 por meio do spin-off dos ativos do segmento ambiental da Organização Odebrecht.

Inicialmente denominada Foz do Brasil, a Companhia teve um crescimento acelerado conquistando novas concessões, contratos de PPP, ativos industriais e contratos de serviços a cada ano. Para suportar esse crescimento, contou com 2 aportes do FI-FGTS, em 2009 e 2013. Também em 2013, passou se chamar Odebrecht Ambiental em linha com os demais negócios da Organização Odebrecht.

Em abril de 2017, foi concluído o processo de mudança de controle da companhia. A gestora canadense de recursos Brookfield Business Partners LP assumiu o controle dos 70% da Odebrecht Ambiental, que antes pertenciam a Odebrecht S.A e o FI-FGTS manteve sua participação de 30% na companhia.

Toda a estrutura técnica da Odebrecht Ambiental foi incluída na transação, garantindo a sua capacidade técnica-operacional. A entrada dos novos acionistas fortalece a estrutura econômica e financeira da companhia, ampliando seu acesso a novas tecnologias.

Para os clientes, a mudança de acionistas reforça a garantia da prestação de serviços de excelência e a manutenção dos compromissos com a população de cada município.

Com a mudança de controle, a companhia passou a se chamar BRK Ambiental.

Maior empresa privada de saneamento do país, a BRK Ambiental está presente em mais de 180 municípios brasileiros, em 12 estados, beneficiando a vida de 15 milhões de pessoas. Ela também opera o Aquapolo, maior projeto de água de reuso do Hemisfério Sul, que produz água industrial a partir do esgoto doméstico no ABC paulista, e tem duas plantas de tratamento de resíduos industriais no país.

Atualmente a BRK Ambiental atua nos segmentos de Água e Esgoto e Utilities.

Fechar